Departamento Jovens

Departamento Infantil

Departamento Homens

Departamento Juvenil

Quem Somos ?

Os batistas do sétimo dia são batistas que observam o sábado, o sétimo dia da semana, como dia santo ao Senhor. Adotam uma teologia batista pactual, baseada no conceito de sociedade regenerada, do batismo consciente de crentes por imersão, do governo congregacional e da base escriturística de opinião e prática.

Professam uma declaração de fé instituída sobre preceitos fundamentais de crença. Os batistas do sétimo dia repousam no sábado como um sinal de obediência em um relacionamento de aliança com Deus e não como uma condição de salvação.

Há inúmeros relatos na história de cristãos que guardavam o sétimo dia da semana como um dia de repouso e adoração a Deus conforme instituído por Deus na criação do mundo, afirmado como quarto mandamento e reafirmado no ensino e exemplo de Jesus e dos apóstolos. Em contraste disso, sabe-se que a maioria dos cristãos e igrejas na história escolheram o repouso no domingo ao invés do sábado. Todavia, há relatos da guarda do sábado em diversas partes do mundo, inclusive nações inteiras que repousavam no sábado. Os primeiros cristãos que adotaram a doutrina batista e guardaram o sétimo dia remonta meados do século XVII, na Inglaterra.

Doutrina

Os 13 principais pontos que definem a fé Batista do Sétimo Dia e que compõe a nossa declaração de fé:

1 – Liberdade de Consciência

Os Batistas do Sétimo Dia consideram a liberdade de consciência debaixo da direção do Espírito Santo como essencial à convicção e prática cristãs. Então nós encorajamos o estudo e a discussão aberta das Escrituras. Defendemos a liberdade individual de consciência em procurar entender e obedecer a vontade de Deus. Por isso, não temos um credo obrigatório. Não é nossa pretensão que a declaração seguinte seja exaustiva, mas é uma convicção comum que é derivada de nossa compreensão das Escrituras.

Textos Biblicos: 2 Coríntios 3:17-18; 2 Timóteo 2:15; 2 Timóteo 3:16 17; Romanos 12:2; Romanos 10:17; Efésios 4:3-6,15; Mateus 18:15-29; Lucas 22:23-27; Atos dos Apóstolos 6:1-6; Atos dos Apóstolos 2:44-45; Colossenses 3:15-17; 1 Pedro 5:1-5.

2 – Deus e a santíssima trindade

Cremos em um só Deus, infinito e perfeito, criador e sustentador do universo, que coexiste eternamente em três pessoas, como Pai, Filho e Espírito Santo, e que deseja compartilhar o Seu amor de uma maneira pessoal com cada um. Cremos em Deus o Pai, que é soberano acima de tudo, manifestando Seu imenso amor e justiça, tanto perdoando o arrependido como condenando o que não se arrepende. Cremos em Deus o Filho, manifesto em carne na pessoa de Jesus Cristo, nosso Senhor e Salvador. Ele se deu na cruz como sacrifício completo e final pelo pecado. Como nosso Senhor ressurreto, ele é o mediador entre Deus o Pai e o ser humano. Cremos em Deus o Espírito Santo, o Consolador, que produz o nascimento espiritual, vive nos crentes e capacita-os para o testemunho e serviço. Ele inspirou as Escrituras, convence o ser humano do pecado e instrui o crente na verdade e retidão.

3 – As sagradas escrituras

Cremos que a Bíblia é a palavra inspirada de Deus e é nossa autoridade final em assuntos de fé e prática cristã. Cremos que Jesus Cristo, em sua vida e ensinos, como registrados na Bíblia, é o intérprete supremo da vontade de Deus para o ser humano.

4 – A humanidade

Cremos que o ser humano foi criado à imagem e semelhança de Deus e é a obra mais nobre de toda criação. Cremos que os seres humanos têm responsabilidades morais e que foram criados para desfrutar de uma comunhão com Deus e com os demais seres humanos, como filhos de Deus.

5 – Queda e redenção

Cremos que pecado é a desobediência à lei de Deus e o fracasso em viver de acordo com a Sua vontade. Por causa do pecado, todas as pessoas se separaram de Deus. Cremos que, em virtude de sermos pecadores, necessitamos de um Salvador. Cremos que a salvação do pecado e da morte eterna é o dom de Deus, que manifestou Seu amor na redenção mediante a morte e ressurreição de Jesus Cristo, e esta só é recebida mediante a fé e arrependimento nele. Cremos que todos os que se arrependem do pecado, e recebem a Cristo como Salvador, não serão punidos no juízo final, mas desfrutarão da vida eterna.

6 – A vida eterna

Cremos que a vida eterna começa em conhecer a Deus, mediante uma aliança com Jesus Cristo. Cremos que Jesus ressuscitou da morte, vive eternamente com o Pai, e que ele virá novamente com poder e grande glória. Cremos que, porque ele morreu e ressuscitou dentre os mortos, a ressurreição com corpos espirituais e imperecíveis é o dom de Deus aos crentes.

7 – A igreja

Cremos que a igreja de Deus é constituída de todos os crentes unidos pelo Espírito Santo em um só corpo, do qual Cristo é a Cabeça. Cremos que a igreja local é uma comunidade de crentes organizada numa relação de aliança, para adoração, comunhão e serviço, praticando e proclamando convicções comuns, enquanto cresce na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. Cremos no sacerdócio de todos os crentes e na autonomia da igreja local, enquanto procuramos trabalhar sempre em conjunto, para um testemunho mais efetivo.

8 – O batismo

Cremos que o batismo de crentes, em obediência à ordem de Cristo, é um testemunho de que recebemos Jesus Cristo como nosso Senhor e Salvador. Cremos no batismo por imersão como um símbolo da morte para o pecado e do novo nascimento para uma nova vida em Cristo.

9 – A ceia do senhor

Cremos que a Ceia do Senhor rememora a paixão e a morte do Redentor da humanidade, até que ele volte, e é um símbolo da comunhão cristã e um penhor da renovada lealdade ao nosso Senhor ressurreto. Cremos também que o lava-pés foi praticado e ordenado por Jesus, e que como um ato de fé, humildade e amor, deve anteceder à comunhão da Ceia do Senhor.

10 – O sábado sagrado

Cremos que o sétimo dia da semana, Sábado, é um tempo sagrado, um dom de Deus para todas as pessoas, instituído na criação, afirmado nos Dez Mandamentos e reafirmado no ensino e exemplo de Jesus e dos apóstolos. Cremos que o repouso no dia de Sábado é uma experiência da presença eterna de Deus com Seu povo. Cremos que, em obediência a Deus, e em resposta amorosa à Sua graça em Cristo, o Sábado deve ser fielmente observado por todos os santos, como um dia de descanso, adoração e celebração.

11 – Evangelismo

Cremos que Jesus Cristo nos comissiona a proclamar o Evangelho, fazer discípulos, batizá-los e ensiná-los a observar tudo aquilo que ele ordenou. Cremos que fomos chamados para sermos fiéis testemunhas de Cristo em todo o mundo e em todas as relações humanas.

12 – Mordomia cristã

Cremos na soberania de Deus e na aceitação do nosso cargo de depositários da vida e das possessões, e na administração das mesmas de acordo com a vontade de Deus. Entendemos que o cristão é apenas o administrador e reconhecemos que o nosso Pai é o provedor e o Senhor de todas as coisas.

13 – A segunda vinda de Jesus

Cremos, pregamos e ensinamos a doutrina da Segunda Vinda de Cristo, em glória e majestade. Comprometidos com a Bíblia, nela alicerçados e em sintonia com suas revelações proféticas, entendemos que nenhum ser humano (homem ou mulher), ou Igreja, ou mesmo um anjo, têm autorização divina para marcar data para este extraordinário e apoteótico evento. O Senhor Jesus deixou no Livro Santo os sinais indicativos da proximidade da Sua Vinda. A volta de Jesus a esta Terra é real, visível e corpórea. ‘Todo olho O verá’. Cremos, ademais, que o sistema do mal (pecado) será definitivamente banido do Universo. Cremos, enfim, que por ocasião desse tão sonhado e esperado evento, a Igreja do Senhor conhecerá o seu final e glorioso triunfo.

Encontre-nos

Localidade

- Dias de Culto

Instagram